E a grana?

Pois é, compramos a passagem, pagamos a inscrição e aí devem estar perguntando, quanto saiu isso? De onde veio a grana?

Para atravessar o mundo, passear e ir ao Jamboree realmente não é algo barato, o preço não é o mesmo que viajar para Floripa.

Conheço grupos em São Paulo que organizaram eventos quase que mensais para arrecadar fundos, em Curitiba conheci um grupo que bancou 100% a viagem para alguns jovens escoteiros mais carentes através de fundos arrecadados nestes eventos.

Nós fizemos alguns, começamos lá atrás assumindo algumas cantinas aos sábados, ficamos responsáveis pela cadeia na festa junina de 2014, planejamos fazer uma feijoada que nunca saiu do papel.

As cantinas deram no melhor dia, R$ 800 de lucro entretanto as outras ficaram na faixa dos R$ 400. Como estávamos em 7 pessoas, em média não dava nem R$ 60 arrecadados por pessoa e acabamos desanimando e desistindo pois o esforço era grande, normalmente um dia inteiro de trabalho, para lucrar pouco. O bom foi que todos ajudavam e isso gerou mais união no grupo mas financeiramente não valia muito a pena e paramos após uns 4 eventos.

O custo é alto mas dá pra parcelar bastante, para quem começou pagar o Jamboree desde o início foi possível parcelar em 11 vezes de R$ 228 cada parcela, total de R$ 2.508. A passagem de avião saiu mais caro, R$ 3.620 (US$ 1.507) + R$ 303 de taxa de embarque, tudo parcelado em 5 vezes. Neste caso nossa sorte é que pegamos o dólar a R$ 2,40 em set/2014, senão sairia bem mais caro pois após as eleições de outubro o dólar disparou.

Além destes gastos há um grande gasto de uns R$ 850 para uma passagem de trem que dá direito a rodar o Japão inteiro por 7 dias no trem bala e em alguns trens e metrôs urbanos. Parece caro mas acaba saindo barato, imagina um passe no Brasil que dá direito por uma semana a viajar para qualquer cidade do país. O Japão é um país pequeno mas bem comprido, de Tóquio onde chegaremos até Yamaguchi, onde será o Jamboree são quase 1000 km.

De resto para cobrir os 7 dias de passeio calculamos mais uns US$ 1.000 que podia ser comprado ao longo dos meses, apesar de que quase todos deixaram para comprar ao final e, como o dólar disparou para R$ 3,30, acabamos perdendo um pouco nessa. Aliás alguns compraram dólares mas muitos compraram diretamente ienes para não perder na conversão das moedas.

O dinheiro arrecadado nos eventos foi usado para pagar o seguro saúde que é obrigatório no Japão, então nisso não gastamos nada do nosso bolso. Fizemos com a Assist Card que foi o mais em conta e sugerido pela UEB.

Ao final, mesmo com a subida do dólar no meio do caminho, ficamos próximos ao nosso plano inicial de gastar uns R$ 10 mil por pessoa pelos quase 25 dias de viagem mas para isso buscamos economizar nos nossos passeios que será tema de um próximo post.

Lições aprendidas

Sai caro ir a um jamboree mas se planejado com antecedência dá pra parcelar muita coisa e fica um pouco menos salgado.  Se tivéssemos começado logo após o Jamboree da Suécia em 2011 daria para mais gente ter ido e poderíamos ter organizado mais eventos.

O custo da passagem com dólar baixo foi fundamental pois é um dos maiores custos. Também quando o dólar disparou para R$ 3,50 após as eleições ficamos na dúvida se deveríamos comprar dólar ou não, se subiria mais ou não. Seguramos nossa compra e nossa ansiedade e nervosismo por uns meses até que baixou para R$ 3,00 novamente, ou R$ 3,20 nas casas de câmbio, pois comprar dólar pela tabela do dólar comercial é impossível.

25 dias de viagem para encontrar gente do mundo inteiro, conhecer um país diferente, para muitos a primeira vez que saem do país, sozinhos. Alguns para isso se esforçaram muito para aprender inglês. O custo é alto mas a experiência esperamos que seja transformadora na vida destes jovens.

Anúncios
Categorias: Início | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: