Day 3 – grupos de interesse

Fui durante muito anos mestre do clã pioneiro e lá naquela seção existem os grupos de interesse, criados para que os envolvidos possam buscar aquilo que tem vontade e ainda assim mantendo sua unidade em atividades da seção.

Neste dia de viagem aplicamos este método, dividimos o grupo em 3, as meninas queriam muito conhecer a Tóquio Disney e passaram o dia se divertindo naquele local. A Bruna ficou responsável pela programação para a Disney e saiu tudo perfeito, muito planejamento e aplicação tranquila, com muito êxito. Eu e os meninos, aproveitando uma ideia da programação do GE Leôes de Blumenau, fomos para Nagoya/Toyota conhecer 2 museus relacionados à Toyota presentes naquele local. O Mauro ficou livre e aproveitou para conhecer uma área budista incrível junto a outros brasileiros que estão pelo Japão.

A visita aos museus da Toyota fora incríveis, o primeiro do dia mostra a evolução do automóvel, desde a réplica do primeiro Benz que foi o primeiro automóvel movido a combustível do mundo (parece uma carroça motorizada na foto), o Ford T (na foto em vermelho) que revolucionou a indústria automobilística tornando o automóvel acessível pela implementação da linha de montagem na fabricação de carros até os carros mais modernos e elétricos, sendo a Toyota umas das pioneiras ao introduzir o Prius ainda na década de 2000.

DSC_0068 DSC_0070 DSC_0091 DSC_0102

O segundo museu nos apresentou a história da Toyota, que surgiu como uma indústria da área têxtil ainda no século XIX, que já introduzia várias inovações na indústrial de teares no Japão e no mundo, tornando os processos mais baratos e eficientes. Após estabilizados na indústria têxtil o filho do fundador visualizou em uma de suas viagens internacionais de negócio o sucesso que a indústria automobilística adquiria nos Estados Unidos e Europa e resolveu criar o automóvel japonês. Para isso importou um automóvel norte americano e o desmontou todinho para entender como funcionava, montando protótipos para reproduzir as funcionalidades até conseguir a reprodução total. Como já conhecia profundamente o funcionamento dos motores e também processos de produção na indústria têxtil, pode usar parte do conhecimento adquirido para montar automóveis com preços mais acessíveis para a população japonesa e depois mundial. Abaixo algumas fotos, primeiro do processo de fiação do algodão e por último o que há de mais moderno, um robô violinista que fez sua apresentação ao vivo.

DSC_0120 DSC_0124 DSC_0150

Anúncios
Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: